virtualização de servidores

A virtualização seja ela de serviços, aplicativos ou de servidores hoje já deixou de ser uma tendência para ser uma realidade em muitos setores e áreas, seja dentro ou fora da área da tecnologia. Quem imagina que a virtualização seja uma tecnologia nova que surgiu nos últimos anos e agora vem crescendo com o surgimento dos processadores multi-núcleos está enganado.

A virtualização de serviços vem sendo utilizada desde os primórdios da informática onde os main-frames simulavam terminais virtuais remotos onde inúmeros clientes utilizavam os seus recursos remotamente.

Podemos definir virtualização como uma forma de se executar vários serviços, programas, ou até mesmo sistemas operacionais em um único equipamento físico. A virtualização possibilita inclusive simular hardwares diferentes em um único equipamento, como roteadores, switchs, servidores, celulares, etc.

Hoje praticamente é impossível fazer qualquer serviço na internet sem que se tenha passado ou utilizado mesmo sem o seu conhecimento por um ou mais servidores ou serviços virtualizados. Um grande exemplo são os serviços de cloud computing. Onde servidores em sua maioria virtualizados formam uma grande rede fisicamente distribuídas, onde temos servidores dedicados para cada serviço específico que se precisa realizar.

A virtualização de servidores funciona com o uso de um software que irá simular parcial ou completamente o hardware em que será executado um sistema operacional, não necessariamente o mesmo do sistema hospedeiro, é essa a grande vantagem da virtualização, simular um hardware que não se tem nativamente.

Por que escolher a Polytek? Estamos comprometidos em fornecer excelência em todos nossos serviços. Estabelecemos uma parceria com sua empresa ao analisar os pontos fortes e fracos de seu servidor atual e fornecer soluções que aprimoram toda a sua infraestrutura de TI, incluindo a virtualização de servidores e desktops.  Para saber mais sobre a virtualização de dados em Porto Alegre, entre em contato conosco hoje mesmo.